3 de julho de 2019

Eglantyne Jebb


Eglantyne Jebb was born on 25 August 1876, in Ellesmere, UK, into a family of intellectuals. It is the fourth of six children. She is recognized as a heroine, as the woman who created the first version of the Declaration of the Rights of the Child, known as the Geneva Declaration of 1924.
A curiosity, in her youth she had a vision of Jesus Christ, they say that this vision was an experience of transformation in her life, and she often asked in doubtful situations, "What would Jesus do?"
She studied history at Oxford University, and her training made her a teacher, started her work with children, taught for about a year, but decided that this was not the profession she wanted.
During the time she taught she was always concerned about the poverty of the children's families and the effects on them, perhaps this led her to work for the Charity Organization Society (COS), a Cambridge charity. In this period a controversial moment of his love life and of its biography occurred, when it knew the daughter of a friend, Margaret Keynes, with whom it had a loving relation, until Margaret marries a man.
In 1913 he was in the Balkans, at war. Eglantyne helped the Macedonian Relief Fund organization, created to help refugees from the Second Balkan War.
It is said that she was endowed with an iron will, extreme zeal and an authoritarian tendency.
She was a founding activist along with her sister, sister, Dorothy Buxton, of the Save the Children non-governmental organization in May 1919, which advocates for children's rights around the world. The sisters were shocked by the consequences of the First World War and the Russian Revolution. The sisters had a job translating foreign newspapers to show the effects of war on civilians in enemy countries
She wrote the first draft of the Universal Declaration of the Rights of the Child, which eventually would be adopted by the League of Nations in 1924, and then was instrumental in the 1989 International Convention on the Rights of the Child.
Save the Children is headquartered in London, where it coordinates 28 offices, operating in more than 120 countries.
The Episcopal Church, of which Eglantyne was a member, celebrates her life every year on December 17.
He died on December 17, 1928, in Geneva, Switzerland.
He had the gift of poetry. It is the phrase: "Each generation of children offers humanity the possibility of rebuilding the world."

Em português:

Eglantyne Jebb nasceu em 25 de Agosto de 1876, em Ellesmere, no Reino Unido, em uma família de intelectuais. É a quarta, de seis filhos. É reconhecida como uma heroína, como a mulher que criou a primeira versão da Declaração dos Direitos da Criança, conhecida como a Declaração de Genebra de 1924.

Uma curiosidade, em sua juventude ela teve uma visão de Jesus Cristo, dizem que essa visão foi uma experiência de transformação em sua vida, e que frequentemente ela perguntava em situações de dúvida: “O que Jesus faria?”.
Estudou história na Universidade de Oxford, e sua formação a tornou professora, iniciando seu trabalho com crianças, foi professora por cerca de 1 ano, mas decidiu que esta não era a profissão desejada.
Durante o período que lecionou sempre foi preocupada com a pobreza das famílias das crianças e os efeitos sobre elas, talvez isto tenha levado ela a trabalhar para a Charity Organisation Society (COS), uma organização de caridade da região de Cambridge. Nesse período ocorreu um momento controverso de sua vida amorosa e de sua biografia, quando conheceu a filha de uma amiga, Margaret Keynes, com quem teve uma relação amorosa, até Margaret se casar com um homem.
Em 1913 esteve nos Bálcãs, em guerra. Eglantyne ajudou a organização Macedonian Relief Fund, criada para ajudar refugiados da Segunda Guerra Balcânica.
Diz-se que ela era dotada de uma vontade de ferro, de um zelo extremo e de uma tendência autoritária.
Foi uma ativista fundadora, junto com sua irmã irmã Dorothy Buxton, da organização não governamental Save the Children, em maio de 1919, que atua na defesa do direito das crianças em todo o mundo. As irmãs estavam chocadas pelas consequências da Primeira Guerra Mundial e da Revolução Russa. As irmãs tinham um trabalho de traduzir jornais estrangeiros para mostrar os efeitos da guerra aos civis dos países inimigos
Ela escreveu o primeiro rascunho da Declaração Universal dos Direitos da Criança, que eventualmente seria adotado pela Liga das Nações em 1924, e depois foi fundamental para a Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança de 1989.
A Save the Children, tem sede em Londres, de onde coordena 28 escritórios, atuando em mais de 120 países.
A Igreja Episcopal, da qual Eglantyne foi membro, celebra sua vida todos os anos no dia 17 de dezembro.
Faleceu em 17 de Dezembro de 1928, em Genebra, na Suíça.
Tinha o dom da poesia. É dela a frase: “Cada geração de crianças oferece à humanidade a possibilidade de reconstruir o mundo”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário